Buscar

6ª Rodada de Educação Empreendedora (Endeavor)


Ontem participei como ouvinte de importante evento da Endeavor (co-realizado pelo Sebrae Nacional): a 6ª Rodada de Educação Empreendedora (REE) reuniu os principais professores e gestores de ensino superior e técnico no Brasil que estimulam, desenvolvem, pesquisam e lideram iniciativas de educação empreendedora em suas instituições de ensino.

Estimo mais que 300 pessoas no evento de todos as regiões do Brasil, de instituições públicas e privadas, o que o transforma em peça-chave para educação empreendedora no ensino superior brasileiro. A educação empreendedora é, aliás, um dos vetores necessários (e mais importantes) aos crescimento do empreendedorismo em uma região ou nação.

O papo começou com a mesa redonda “Por que fazemos o que fazemos?”, com dois empreendedores que começaram a sua jornada na universidade -- Paulo Monteiro, fundador da Responde Aí, plataforma colaborativa que auxilia estudantes universitários a estudarem e Marcus Figueiredo, empreendedor da Hi Technologies – mediados por Rafael Duton, empreendedor, professor e fundador da aceleradora 21 212. Ouvir as dores e as alegrias de ex-estudantes que empreenderam dentro da universidade e que são, hoje, empreendedores bem-sucedidos, trouxe reflexões e ideias sobre como criar um ecossistema e um ambiente que favoreça e estimule a prática empreendedora dentro do Centro Universitário UDF.

Também me chamou atenção a fala da professora e consultora Mara Sampaio sobre metodologia de ensino e aprendizagem em empreendedorismo com a história da Alice no País das Maravilhas. De forma ampla, a educação empreendedora centra suas ações no indivíduo, no ambiente e na futura organização. A metodologia de Mara foca primordialmente o indivíduo na busca pelo autoconhecimento e desenvolvimento de atitudes empreendedoras. Comprei o livro dela e recomendo!

Outro momento-chave foi a final do Prêmio de Educação Empreendedora, onde os três finalistas tiveram dez minutos para apresentar suas ações e os participantes votaram para eleger o vencedor. As duas que mais me chamaram a atenção foram (a) o TCC Startup - transformando trabalhos de conclusão de curso em negócios inovadores, do Prof. João Geraldo Cardoso Campos (UNISUL); e (b) Base de Dados de Vídeo Casos em Empreendedorismo , do Prof. Luís Felipe Carvalho (PUC-RJ), com a criação de base de casos de empreendedorismos em vídeo. Não revelarei o meu voto, nem sob tortura....rs

Durante o evento houve vários momentos de troca de mesas para incentivar o networking e a interação dos participantes do evento. Nesse movimento conheci profissionais muito bacanas e com grandes realizações de instituições como o IFRS, DeVry João Pessoa, Senac-SC, Universidade Potiguar e até empreendedores como o Guilherme Santa Rosa, da Fábrica de Aplicativos, e a Glória Pereira, criadora do jogo Deed de empreendedorismo. Vale ressaltar que também conheci pessoalmente profissionais que só conhecia virtualmente, como o Prof. Cleverson (UFPR) e o Prof. Hashimoto (Polifonia): atores que movimentam, com força, o ecossistema empreendedor brasileiro.

Por fim, Luiz Guilherme Manzano, diretor de apoio a empreendedores da Endeavor Brasil, trouxe um “Novo olhar sobre Educação Empreendedora: provocações do mercado para o ensino de empreendedorismo”. Com um tom mais heterodoxo, comparativamente ao meio acadêmico, Luiz apresentou conteúdo e provocações que, em minha opinião, encerraram o evento com um tom muito especial. Sua fala foi sensacional.

Não há dúvidas que o potencial de impacto na educação superior brasileira da REE é enorme e que esse encontro trará bons frutos não só para as instituições de ensino que estavam ali presentes mas, principalmente, para as regiões onde elas se encontram.

Aguardo a próxima edição.

#educaçãoempreendedora #educaçãosuperior #eventos

86 visualizações
  • LinkedIn Basic Black
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram

© 2014. Criado por Gabriel Cardoso. Conteúdo permitido para utilização desde que citada a fonte.