Buscar

Como a tecnologia pode ajudar a educação? (II)


Todo mês estou compartilhando com os colegas docentes do UDF algumas de nossas descobertas que mostram como a tecnologia está ajudando (ou pode ajudar) professores e alunos em diferentes contextos e regiões, além de dicas de plataformas e ferramentas que podem contribuir para o processo de ensino e aprendizagem.

Essa AQUI foi a primeira delas. Você leu?

Veja o que compartilhei com eles agora em setembro:

1. APLICATIVO

CamScanner: o smartphone e o tablet se transformam em um scanner de mão com vários recursos disponíveis. Para digitalizar um documento, basta tirar uma foto com o celular, selecionar a área da foto a ser escaneada. O programa salva o arquivo em PDF, para ser compartilhado ou armazenado, e em alguns casos converte para arquivos editáveis.

Você pode fazer aqui o download.

2. FERRAMENTA

O Plickers é uma simples, mas poderosa, ferramenta que permite a professores recolher dados de avaliação formativa de alunos, em tempo real, sem a necessidade de dispositivos ou conexão à internet por parte dos alunos.

Saiba mais sobre ele AQUI.

3. EXPERIÊNCIA

Muita polêmica girou em torno do novo jogo Pokemón Go, que utiliza a tecnologia realidade aumentada como base. Enquanto isso, umas das ações de extensão universitária mais tradicionais do UDF -- o curso de Inclusão Digital para a Terceira Idade – aproveitou o jogo de forma inovadora.

Na última segunda-feira, os professores Jorge Santana e Alexandre Ataide, dos cursos de Tecnologia do UDF, inovaram ao utilizar o Pokémon Go com a turma. Em uma atividade no Parque da Cidade, os estudantes puderam testar o jogo de realidade aumentada com seus filhos e netos, alfabetizando-se digitalmente, mas também se divertindo, socializando e praticando atividade física (que teve o apoio técnico de professores e alunos do curso de Enfermagem).

Veja a uma imagem:

Quer conhecer outros exemplos de uso da realidade aumentada na educação? Clique AQUI e AQUI.

4. METODOLOGIAS ATIVAS

Você sabe o que é sala de aula invertida (flipped classroom)? E aprendizagem por pares (peer-to-peer)?

Confira uma breve explicação nos infográficos anexos, criados pela equipe da Geekie.

Um abraço.

Gabriel Cardoso

#tecnologia #metodologia #educaçãosuperior #educação #udf #conectaudf

10 visualizações
  • LinkedIn Basic Black
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram

© 2014. Criado por Gabriel Cardoso. Conteúdo permitido para utilização desde que citada a fonte.