Buscar

Como a tecnologia pode ajudar a educação (V)


Olá, pessoal!

Esse é o quinto boletim – e último em 2016 – do Laboratório de Inovação Acadêmica que compartilho com os meus colegas do Centro Universitário UDF.

Assim como nos outros, dividimos algumas descobertas que podem nos ajudar em sala de aula, em diferentes contextos e situações, além de dicas ferramentas que podem contribuir para o processo de ensino e aprendizagem por lá.

1. MOVIMENTO MAKER

A cultura que aproxima o pensar do fazer, mundialmente conhecida como “maker movement” ou “maker culture”, está cada vez mais próxima da educação.

A prova disso foi o FabLearn, organizado em setembro na USP: um espaço em que educadores, legisladores, estudantes, designers, pesquisadores e membros do movimento maker podem apresentar, discutir e aprender mais sobre fabricação digital em educação, a cultura maker e aprendizagem “mão-na-massa” para o século XXI.

O professor Paulo Blikstein (Stanford), convida à reflexão sobre o tema quando afirma que “uma das coisas mais importantes da educação mão na massa é fazer com que o professor preste mais atenção no processo do que no produto, o que é mudança de paradigma muito grande em relação à educação tradicional, que olha para a prova, que é o produto.”

Para saber mais sobre o movimento maker na sociedade, você pode conferir este especial que o Estadão fez e, para saber um pouco mais sobre como a cultura maker se aplica na educação, você pode conhecer este especial feito pelo PorVir.

Especial Estadão: http://infograficos.estadao.com.br/e/focas/movimento-maker/

Especial PorVir: http://porvir.org/especiais/maonamassa/

2. FUNDAMENTOS DO GOOGLE PARA ENSINO

Foi-se o tempo em que o Google era apenas um buscador. Hoje a companhia oferece dezenas de ferramentas para todos os públicos e gostos, inclusive para nós, que trabalhamos com educação. Nessa linha surgiu o curso, online e gratuito, Fundamentos do Google para Ensino.

Oferecido pelo Google em parceria com a Fundação Lemann e a Foreducation, o curso tem como objetivo apresentar a educadores possibilidades de uso das tecnologias do Google para aumentar a eficiência, a inovação e a personalização do ensino. O conteúdo está dividido em cinco módulos: Visão geral; Pesquisa e comunicação; Criação e compartilhamento; Melhorar a experiência em sala de aula; e Saiba mais.

A turma iniciou segunda-feira, dia 28/11, mas você ainda pode se matricular e começar hoje, gratuitamente, a capacitação.

Acesse AQUI: https://www.coursera.org/learn/fundamentosgoogle

É isso, colegas!

Abraços,

Gabriel Cardoso

#maker #tecnologia #educaçãosuperior #udf #comunicação #aprendizagem #educação #ensino

43 visualizações