Buscar
  • Gabriel Cardoso

8 tendências em inovação social para ficar de olho em 2020


Fonte: Vision of Humanity.org

O portal Social Innovation Academy publicou, recentemente, um artigo que trata sobre algumas tendências para 2020 no campo da inovação Social. Traduzi livremente uma parte do texto e compartilho agora com vocês.


Quais são elas?


1. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e Inovação Social.


Atingir as 17 metas estabelecidas até 2030 exigirá novas formas de inovação no desenvolvimento, mas também para o desenvolvimento. Neste sentido, a inovação social é um elemento específico com o qual trabalhar os 17 ODS a fim de ajudar a satisfazer as necessidades da sociedade.


2. Urbanização e inovação social.


O mundo está se tornando cada vez mais urbano. O papel das cidades está a ser atualizado como espaços de experimentação e laboratórios de oportunidades para construir sociedades inteligentes, verdes, sustentáveis, equitativas, inclusivas e resilientes.


3. Migração e inovação social.


As migrações estão se tornando uma questão urgente e desafiadora para a Europa, que como região acolhe o maior número de migrantes internacionais (82 milhões). A inovação social tem muito a oferecer no que diz respeito ao desafio da migração. Desde 2015, ano em que chegou à Europa um número sem precedentes de refugiados e migrantes irregulares, surgiram várias iniciativas tanto do setor público e privado como da sociedade civil, destacando ideias inovadoras para abrir caminho à integração dos recém-chegados na cultura e nos países europeus.


4. Sistema social e inovação social.


Numa década de mais pessoas com mais de 30 anos do que com menos de, é imperativo repensar como melhorar os nossos sistemas sociais e torná-los mais inclusivos e igualitários em termos de educação, cuidados de saúde ou serviços culturais. A inovação social nos oferece uma nova perspectiva a partir da qual podemos enfrentar os complexos problemas das nossas sociedades, bem como formas de construir as capacidades das nossas comunidades e indivíduos, mudando as relações entre as pessoas e promovendo uma maior inclusão social.


5. Mudanças climáticas e inovação social.


As mudanças climáticas são um dos desafios mais prementes deste século. As acções destinadas a combater as alterações climáticas ganharam a atenção dos profissionais da inovação social, dos inovadores e da comunidade como um todo. As ações de inovação social relativas à mitigação das mudanças climáticas podem ser divididas em várias missões que foram concebidas para abordar objetivos menores, mas não menos reais, para enfrentar este desafio assustador. Entre as iniciativas podemos destacar: afastar-se dos combustíveis fósseis, procurar alternativas ao uso do plástico ou fomentar o reflorestamento..


6. O desenvolvimento tecnológico e a inovação social.


Apesar do indubitável valor do mundo digital, as novas tecnologias digitais vão transformar as nossas sociedades tal como as conhecemos. Do campo da educação ao ambiente de trabalho, da formulação de políticas às formas de relacionamento, nossas sociedades experimentarão mudanças radicais. A Inovação Social Digital (DSI) tem um enorme potencial para reforçar as tecnologias abertas e colaborativas para enfrentar alguns dos desafios mais proeminentes na Europa.


7. Economia circular e inovação social.


Em 2015, a União Europeia (UE) lançou o Plano de ação da Economia Circular que definiu um conjunto de ações a serem implementadas pelos Estados Membros para enfrentar os desafios futuros e abrir caminho para uma economia circular, neutra para o clima, onde a pressão sobre os recursos naturais e de água doce, bem como sobre os ecossistemas, é minimizada. Em 2020, a UE manterá um forte compromisso com a economia circular, pelo que a inovação social está a encontrar um terreno fértil para o desenvolvimento.


8. O futuro do trabalho e da inovação social.


Num mundo em constante mudança, as sociedades terão de ser mais intuitivas, de sentir e responder a novas oportunidades tecnológicas, desafios sociais e necessidades dos cidadãos, e é aqui que a inovação social pode desempenhar um papel para tornar as sociedades mais inclusivas, resilientes e iguais.



Texto original, em inglês, de Igone Guerra and Gorka Orueta (Social Innovation Academy), traduzido livremente. Disponível em: http://www.socialinnovationacademy.eu/8-leading-social-innovation-trends-for-2020/


--



Quer explorar possibilidades de inovação social de forma prática e contextualizada com o seu perfil? Matricule-se na pós-graduação em Impacto, Inovação e Empreendedorismo Social do UDF: http://bit.ly/Pos-impacto


Vem aí, o primeiro laboratório de inovação social do Centro-Oeste no UDF: https://www.mudevoceomundo.com/post/bras%C3%ADlia-ter%C3%A1-o-seu-primeiro-laborat%C3%B3rio-de-inova%C3%A7%C3%A3o-social