top of page
Buscar

A interseção entre inovação social, arte e tecnologia

Leia até o final. Prometo surpresas!


A arte e o design têm o poder de inspirar e provocar mudanças sociais de maneira profunda e duradoura. A intersecção da inovação social com esses campos pode levar a soluções criativas para os mais diversos problemas sociais. Um exemplo disso é o artista plástico Vik Muniz, que trabalha com comunidades em situação de vulnerabilidade no Brasil e em outros países, criando obras de arte a partir de materiais recicláveis. Além de promover a conscientização sobre o impacto ambiental do lixo, seus projetos também ajudam a gerar renda para essas comunidades. Outro exemplo é o artista francês JR, que utiliza sua arte de rua para chamar a atenção para questões de justiça social e política. Suas intervenções artísticas, que incluem colagens gigantes em prédios e outras estruturas, têm sido usadas para denunciar a desigualdade e promover a igualdade de direitos. O design também pode ser usado para solucionar problemas sociais de maneira criativa. Por exemplo, o designer de produto Fernando Laposse utiliza materiais locais e sustentáveis ​​para criar móveis e objetos de decoração que ajudam a preservar as culturas indígenas e gerar renda para essas comunidades. Esses são apenas alguns exemplos de como a arte e o design podem ser usados ​​como ferramentas poderosas para promover a inovação social e provocar mudanças positivas na sociedade.

E a tecnologia, que deu título a esse texto, como se intersecciona com a arte e a inovação social?


O texto em aspas não foi escrito por mim. Foi escrito a partir do pedido abaixo que eu fiz a uma máquina:


Write in Portuguese about the intersection between social innovation, art, and design, including examples of how artists use their work to raise awareness about social issues.


Quem atendeu a meu pedido foi o ChatGPT: um aplicativo de IA viral que está impactando as indústrias de criação de conteúdo, educação, pesquisa e conhecimento. Ele pode contar histórias, escrever códigos e quase qualquer outra coisa que pedirmos. Você pode configurar sua conta OpenAI e começar aqui.


A ideia surgiu de uma postagem do InovaSocial, onde o ChatGPT foi entrevistado sobre Inovação Social.


Com a massificação e popularização da inteligência artificial, chegamos a uma nova etapa do processo evolutivo (ou involutivo?) da sociedade que impactará comportamentos, relações e até a nossa forma de entender a realidade, isso para não falar de campos mais óbvios como a educação, a saúde, o trabalho e a arte.


Por exemplo, o que acha da obra de arte que criei logo abaixo, em co-autoria com o MidJourney?


Imagem gerada por inteligência artificial (Midjourney) a partir de um prompt que provocava a capacidade da máquina em gerar textos e ideias e a partir de comandos dos leitores


Pedi a ela que criasse uma imagem que expressasse artisticamente a capacidade de máquinas para gerar textos e ideias a partir de sua inteligência artificial.


Se você não está pelo menos curioso ou incomodado com tudo isso, pergunte ao ChatGPT o que esperar em 2023 com a chegada dele.


Gabriel Cardoso

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page